Modelo de advertência disciplinar dos Motoristas/Condutores

A má condução dos motoristas pode ser um fator de prejuízo para a imagem da sua empresa; além de causar danos à economia e diminuir a segurança das operações. Desenvolvemos um modelo de advertência disciplinar para te auxiliar nessas situações. Confira!

Home / Modelo de advertência disciplinar dos Motoristas/Condutores

Em todos esses anos, diversas empresas vieram até nós após enfrentarem conflitos em sua frota, como a má condução dos veículos e a negligência dos motoristas. Após conhecerem e utilizarem o sistema de rastreamento, descobriram muito mais! Por causa disso, resolvemos criar um modelo de advertência disciplinar, para que os motoristas sejam advertidos em situações de subversão às regras da legislação de trânsito, e da política de frota da sua empresa.

É importante ressaltar que muitas vezes os condutores continuam em seus mesmos erros, por pensarem que não haverá punição ou correção; e assim, continuam cometendo infrações e realizando seu trabalho com desatenção. Por isso, as advertências disciplinares tornam-se necessárias. Ademais, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é dever dos empresários a supervisão do comportamento dos condutores dos seus veículos; assim, ressalta-se a importância do documento.

Como funcionam as advertências e qual sua importância?

Em suma, as advertências são documentos facultativos - pode-se aplicá-los em situações que você achar fundamental - permitidos pela CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), cujo propósito é corrigir os erros cometidos pelos motoristas no trânsito.

Com base nessa definição, há alguns tipos de advertência, cada uma para situações diferentes:

Advertência verbal:

Trata-se das mais simples, aplicada em situações consideradas levianas, ou quando a ocorrência se deu pela primeira vez.

Advertência escrita:

Esse documento é de caráter mais formal, e pode ser aplicado em casos considerados mais graves, ou quando o motorista pratica certa ocorrência mais de uma vez. Todavia, recomendamos que você utilize majoritariamente esse tipo de advertência em sua empresa, pois dessa forma você terá registros, o condutor será alertado de maneira mais séria e o processo será mais organizado.

Suspensão:

A suspensão trata-se de algo ainda mais sério, e é utilizada após três advertências. Quanto a essa providência, também pode ser aplicada três vezes; até gerar uma possível demissão por justa causa, segundo o Código de Trânsito Brasileiro.

No geral, é fundamental que você conheça os tipos de advertência, além de saber que é a sua política de frotas a determinante para as providências de cada situação. Entretanto, lembre-se de priorizar a advertência escrita, que pode ser mais efetiva na maioria dos casos.

Em síntese, as principais ocorrências são aquelas causadas pela desatenção e negligência do condutor, como o desrespeito ao limite de velocidade, o uso do celular durante os deslocamentos, o desvio de rotas e até mesmo a falta do uso do cinto de segurança. Portanto, todos os casos citados acima podem ser corrigidos através do modelo de advertência.

#3 dicas para evitar o uso indevido do veículo

Apesar de a advertência disciplinar ser um meio de corrigir a conduta dos motoristas, é importante que os erros sejam evitados também; além disso, como já mencionado, muitos condutores são advertidos e continuam cometendo as mesmas infrações. Por isso, separamos #3 dicas com o objetivo de prevenir o uso indevido do veículo, sugestões práticas que te facilitará essa área na sua empresa. Confira!

Dica #1: Faça reuniões frequentes com seus motoristas!

Nossa primeira dica intenciona gerar um relacionamento entre você e os seus motoristas; dessa forma, você saberá quais as razões para a negligência e a desatenção.

Uma sugestão é promover reuniões frequentemente - mensais ou quinzenais - com o objetivo de alinhar a sua equipe; o importante é você poder tutoria-los, reforçar a conduta adequada que deve ser seguida, e corrigir os erros - através do modelo de advertência - observados durante o período anterior à reunião.

Ademais, você pode incentivar seus condutores por meio de metas e recompensas, para que as correções e regras não sejam vistas como algo rude; assim, todos colaborarão pelo bem comum da empresa, e não por receio. Uma dica interessante é estabelecer o “prêmio” de melhor motorista do mês, cuja avaliação você pode fazer durante todos os dias de trabalhos e jornadas realizadas. Alguns fatores a serem avaliados podem ser:

  • Obediência ao limites de velocidade;
  • Economia de gastos com combustível (não houve desvios de rota);
  • Preservação e cuidado com o veículo;
  • Atenção e zelo durante os trajetos - uso do cinto de segurança e ausência distrações como o celular, por exemplo.

Dessa forma, seus motoristas se sentirão à vontade e terão uma maior motivação para corrigirem sua conduta.

Dica #2: Utilize sistema de rastreamento!

Se você deseja melhorar o comportamento dos condutores, mas está tendo dificuldade em observar especificamente os erros cometidos por eles, a solução fundamental é o sistema de rastreamento.

O sistema RotaExata, por exemplo, transmite os dados de localização em tempo real, para que você tenha a percepção de cada atitude dos motoristas. Além do rastreador, o sistema possui ferramentas que ampliarão ainda mais o monitoramento: como a identificação do motorista em cada veículo específico e o estabelecimento de cercas virtuais, que geram notificações na entrada e na saída daquela área delimitada.

Especificamente, as ferramentas do sistema são formas exatas de monitorar o uso do veículo, já que há a opção de estipular regras de aviso, e a notificação também é enviada em casos de ultrapassagem de velocidade. Outrossim, há ainda o relatório de dirigibilidade, por meio do qual você poderá saber exatamente a forma como se deu a jornada do condutor.

Para exemplificar, já houve um caso de um cliente do RotaExata que flagrou seu colaborador parado a mais de duas horas em um posto de combustível tomando cerveja, além de outros casos de colaboradores que realizavam entregas o mais rápido possível para depois ir para casa e aproveitar o restante do dia. Por meio do sistema, esses problemas foram identificados; e assim, corrigidos.

Dica #3: Aposte nas ferramentas de roteirização e gestão!

Em primeiro lugar, falando da economia,o roteirizador planeja a operação e delimita certa rota, por isso, além de haver uma rota delimitada, se houver desvios por parte do motorista, o sistema os registra e você é notificado. Como a conduta do motorista muda por causa desse controle, os desvios passam a ser bem menos recorrentes, assim reduzindo os custos com combustível, por exemplo.

Em adição ainda há o benefício da redução do tempo para as entregas, já que é o sistema que seleciona a melhor rota para cada ocasião; o que também auxilia ao facilitar a gestão de atendimento.

Além disso, em relação à ferramenta de gestão, há outros benefícios: você pode controlar a manutenção dos veículos - que muitas vezes são descuidados pelos motoristas - e analisar custos, para identificar quais os fatores que podem estar causando prejuízos. A gestão do sistema RotaExata também possibilita que você tenha acesso a relatórios, como o registro dos custos, gasto com combustível, checklist de manutenção e até mesmo a média de consumo dos automóveis.

Conclusão - o modelo de advertência

Para finalizar, é fundamental que você saiba que a má conduta e o uso indevido do veículo podem resultar em prejuízos graves para a imagem do seu negócio, além de haver o risco de perder clientes, insatisfeitos com as entregas e prestação de serviços, por exemplo.

Nos dias de hoje, é inadmissível que uma empresa portadora de frota não possua sistema de rastreamento, isso pois a vantagem competitiva é assegurada por meio dele. Assim, as empresas que não realizam esse tipo de controle para com os seus veículos, estão infelizmente perdendo para a concorrência - por conta da agilidade no atendimento e segurança da mercadoria - além de terem um grave prejuízo financeiro.

É apenas por meio do sistema que você poderá saber pontualmente quando aplicar uma advertência em seus motoristas, para assim corrigir a sua conduta.

Desse modo, como já mencionado na introdução desse artigo, decidimos elaborar um modelo de advertência, para que você comece a colocar todo esse aprendizado em prática! Você pode baixá-lo clicando no botão abaixo.

Esperamos que as dicas tenham sido úteis, e não esqueça que você pode contar com a RotaExata! Estamos sempre aprimorando o nosso sistema a fim de te beneficiar!


Clique no botão para fazer o download do nosso modelo de advertência disciplinar.

Baixar Advertência dos Condutores

Tag: , , ,



4 Comentários




Deixe uma resposta para Miranda Neto Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *








RotaExata rastreamento e gestão de frota

RotaExata é uma plataforma de gestão veicular que ajuda empresas a alavancar suas entregas e serviços.


Redução de custo com rastreamento Redução de Custos Aumento de produtividade com rastreamento Aumento de Produtividade Segurança da frota com rastreamento Segurança e
Organização
Conteúdo exclusivo RotaExata Conteúdos
Exclusivos
Como RotaExata resolve seus problemas Como RotaExata
Ajuda sua empresa
Clientes e resultados Clientes e Resultados

Fique atualizado

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!