Direção agressiva com veículo da empresa: identifique os motoristas que cometem esse erro!

Saiba o que caracteriza uma direção agressiva e como evitar que essa prática aconteça com veículos da sua frota

Home / Direção agressiva com veículo da empresa: identifique os motoristas que cometem esse erro!

ÍNDICE

  1. Direção agressiva x Direção evasiva: qual a diferença?
  2. Quais as consequências de uma direção agressiva com veículo da empresa?
  3. Quais os perfis de motoristas que praticam uma direção agressiva?
  4. Como evitar que meus funcionários tenham uma direção agressiva?
  5. Rastreamento veicular: observe sua frota mais de perto!

Não praticar uma direção agressiva com veículo da empresa é o básico que todo motorista deveria fazer. Porém, infelizmente, essa não é a realidade. Se sua empresa possui uma frota veicular, é preciso disponibilizá-las para funcionários que tenham responsabilidade, cautela e respeito no trânsito.

Afirmar que estava atrasado ou estressado após tomar alguma decisão agressiva no trânsito não justifica e pode custar vidas. Você já parou para saber qual é o perfil de cada um dos seus motoristas?

Se você não os considera defensivos, saberia dizer se eles praticam uma direção agressiva ou uma direção evasiva? E mais: você sabe a diferença entre ambos conceitos?

Neste texto, conheça as características de um motorista agressivo, quais as consequências dessa má prática para o seu negócio e como evitar que seus colaboradores a pratiquem com os veículos da sua empresa. Boa leitura!

Direção agressiva x Direção evasiva: qual a diferença?

Direção agressiva, direção evasiva… Não é incomum vermos que existe uma certa confusão relacionada ao significado desses conceitos. Entenda de uma vez a diferença entre esses dois tipos de direção. Confira:

O que é direção evasiva?

Direção evasiva diz respeito ao comportamento do condutor que é proativo, evitando colocar-se em situações nas quais exista chances de acontecer algum acidente ou outras situações de risco, tanto para ele quanto para os outros.

No geral, um motorista evasivo realiza uma série de manobras e técnicas que farão com que qualquer tipo de ameaça iminente seja evitada. Existem diversos cursos, como os do SEST SENAT, que ensinam o aluno a ter uma mentalidade evasiva no trânsito.

E quanto à direção agressiva?

Direção agressiva diz respeito aos condutores que constantemente quebram as leis de trânsito em prol de suas necessidades particulares, desrespeitando a ética no trânsito.

Normalmente, motoristas agressivos colocam não apenas eles mesmos em risco, mas todos os demais usuários das vias públicas. Diferentemente da direção evasiva, a direção agressiva é crime previsto pelo Artigo 170 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). 

Quais as consequências de uma direção agressiva com veículo da empresa?

As consequências de uma direção agressiva são gravíssimas. Pessoas agressivas ao volante são mais propensas a provocar brigas, sofrerem acidentes de trânsito, colocando a sua vida e de todos a sua volta em risco. E pasmem, é um comportamento que se torna cada vez mais comum

Segundo uma pesquisa realizada pela Seguradora Líder, empresa responsável pelo seguro DPVAT, mais de 78% dos motoristas têm comportamentos agressivos ao volante. A mesma pesquisa mostrou que 56% dos acidentes aconteceram por conta de agressividade no trânsito.

No caso de direção agressiva com veículo da empresa, qualquer situação ligada a, por exemplo, questões judiciais ou financeiras decorrente de problemas causados pelo motorista é responsabilidade da empresa dona da frota. Confira a seguir X consequências decorrentes de uma direção agressiva:

Despesas com manutenções corretivas

Caso haja um acidente com veículo da empresa, você terá prejuízos financeiros com, por exemplo, a manutenção do seu automóvel e de todos os outros envolvidos no acidente.

Os gastos com manutenções corretivas são altos e irão sair do seu bolso. Dessa forma, a sua economia pode ser prejudicada devido a falta de controle sob a sua frota veicular.

Redução na produtividade da frota

Caso haja um acidente, você terá menos veículos rodando no dia-a-dia. A consequência? Menor produtividade das suas operações em campo até que o veículo volte do mecânico, gerando prejuízos financeiros que poderiam ter sido evitados.

Caso seu colaborador se machuque de alguma forma, ele também irá demorar para voltar, gerando mais atrasos nas suas operações.

Prejuízo financeiro por conta das multas e questões judiciais

Leve em consideração toda a burocracia envolvida no processo após o acidente com veículo da empresa.

Além de gastos com multas, têm o estresse que situações como essa geram. Ao invés de você usar seu tempo de maneira produtiva, terá que resolver problemas judiciais.

Danos à mercadoria

Caso sua frota trabalhe com entregas, existem prejuízos ligados a danos às mercadorias ou até a perda total. 

Nesse caso, o gestor precisa saber se o seu motorista foi o responsável pelo dano a carga transportada, pois todas as despesas relacionadas a avarias vão ter que ser pagas pela sua empresa.

Danos à marca da empresa

Se seu motorista é agressivo no trânsito, isso pode causar prejuízos a sua marca; principalmente quando os veículos são veículos plotados. A pessoa que sofreu algum tipo de ação ofensiva pode até não saber o rosto do motorista que a praticou, mas com certeza lembrará de qual empresa era o carro!

No caso de processos judiciais, essa consequência pode ser ainda pior, já que a sua empresa terá o nome “manchado”.

Perda de controle sob a conduta dos motoristas

Uma direção agressiva com veículo da empresa pode levar a perda de controle sob a conduta de seus colaboradores. Os motoristas podem achar que é permitido fazer o que quiser com os veículos da sua frota; inclusive serem agressivos.

Se você observa que seus colaboradores têm uma direção agressiva com veículo da empresa, que tal promover hábitos de direção mais seguros por meio de treinamentos, ou uma política de frotas?

É sua responsabilidade criar meios de tornar uma direção defensiva parte da cultura do seu negócio. Crie uma rotina de reuniões, onde você poderá promover a ética e o respeito no trânsito, sempre deixe claro as consequências de uma direção agressiva; tanto para a empresa quanto para o próprio motorista.

Mostre que é preciso usar a razão na hora de dirigir, pois o trânsito é para todos. Ceder um veículo da sua frota é uma grande responsabilidade, e é sua missão garantir que, em hipótese alguma, ele o use como válvula de escape de problemas pessoais. 

Ao invés de se sentir mal depois que acontecer algum problema, busque estar mais próximo do que acontece nas suas operações. 

A partir de uma maior observação sobre os motoristas e seus respectivos perfis, eles irão pensar duas vezes antes de tomar decisões agressivas!

Quais os perfis de motoristas que praticam uma direção agressiva?

Considerada uma infração gravíssima, as penalidades para uma direção agressiva com veículo da empresa ou veículo pessoal são: multa e suspensão do direito de dirigir — não se esqueça: quaisquer valores ligados aos veículos da frota são responsabilidade da sua empresa.

Além do prejuízo financeiro, questões como, por exemplo, excesso de velocidade, embriaguez no volante e ultrapassagens indevidas contribuem consideravelmente para aumento dos acidentes de trânsito e, consequentemente, danos à vida humana.

Por isso, você deve saber o que caracteriza um motorista agressivo para identificar quais colaboradores estão conduzindo os veículos da sua empresa dessa forma. Confira a seguir 4 características de um motorista que pratica uma direção agressiva:

Territorialismo

Quando estão no volante, algumas pessoas se transformam em territorialistas e acham que o espaço em torno do seu veículo é todo seu. 

Ao fazer um sinal para pedir passagem, por exemplo, o motorista entende aquilo como um desafio e prefere acelerar ou bloquear a passagem. Existem também condutores que mostram isso através de ultrapassagens perigosas; as — infelizmente — tão famosas “cortadas”.

Esse comportamento territorialista é um exemplo de direção agressiva e que pode ocasionar diversos acidentes. 

Orgulho

Segundo artigo sobre direção agressiva publicado na revista norte-americana Psychology Today, o motorista orgulhoso também é um territorialista. Contudo, ele vai além e deseja se vingar do motorista que, por exemplo, fez uma ultrapassagem.

É uma conduta altamente nociva, podendo gerar acidentes e até mesmo tumultos não relacionados ao trânsito.

Raiva

Este é possivelmente um dos perfis mais comuns — e um dos mais perigosos. Em alguns casos, pode ter reflexos em outras questões do dia-a-dia do indivíduo, que não necessariamente o trânsito.

Mesmo assim, tem gente que é tranquila, mas quando vai para o banco do motorista se transforma. O veículo se torna um local onde a pessoa desconta todas as raivas e frustrações pessoais, e isso se traduz em hábitos agressivos no volante. 

Inconsequência

Sabe aquelas pessoas que acham que nada vai dar errado, e por isso não se importam em exibir comportamentos de risco?

Elas representam uma combinação perigosa de maus hábitos, autoconfiança e desconsideração pelos riscos, que podem colocar a vida do condutor e de todos à sua volta em risco.

 

Como evitar que meus funcionários tenham uma direção agressiva?

Não importa se você tem um ou dez veículos. Um único veículo em nome da empresa já configura como frota empresarial. 

A sua empresa responde culposamente por todos os danos causados a terceiros e tem o dever de, por exemplo, indenizar as pessoas que foram acometidas pelo acidente caso houver:

  • Comprovação da relação entre o dano e o motorista que causou o acidente;
  • Evidência de um dano a terceiro, que pode ser material ou moral;
  • Presença de ação intencional ou imprudência no trânsito.

Claro, você pode até responsabilizar seu colaborador caso você consiga provar que ele foi o responsável pelo acidente, por exemplo. Qual era a velocidade que seu funcionário estava naquele momento? Será que houve uma acelerada brusca? Algum indício de direção agressiva?

Se você tivesse acesso a essas informações esse problema seria resolvido muito mais rápido, ou até mesmo evitado! 

Rastreamento veicular: observe sua frota mais de perto!

Nosso objetivo aqui, é mostrar que você pode não agir apenas reativamente, mas ativamente

Descubra quem está praticando uma direção agressiva com veículo da empresa a partir da observação da velocidade máxima, quilometragem média e o percurso realizado pelo motorista.

Tendo essas informações, você consegue facilmente rastrear seus veículos e, consequentemente, tomar as providências necessárias de maneira assertiva: pode conversar com o funcionário, aplicar uma advertência ou até mesmo afastá-lo da empresa; não se esqueça, direção agressiva é crime!

Embora muitos ainda acreditem que monitorar todos os veículos de uma frota ao mesmo tempo seja impossível, com uma solução de rastreamento veicular isso já não é mais um problema. 

Chegamos em um ponto onde a tecnologia fornece informações minuciosas da jornada de cada motorista; acompanhando o tempo das paradas, desvios de rotas, freadas bruscas, curvas bruscas, entre outros.

Ao saberem que estão sendo monitorados, mesmo os seus funcionários mais raivosos vão evitar a direção agressiva com veículo da empresa, pois vão estar cientes das consequências.

“Pouco tempo atrás utilizava o sistema de uma marca conhecida, porém estava insatisfeito. Conheci o RotaExata, fiz uma experiência e fiquei surpreso, o sistema oferece uma série de recursos que facilitam o trabalho do Gestor!”.

Luigi Romanatto, da Docol Metais Sanitário

Essa mudança na sua gestão de frotas é o que você precisa para evitar dores de cabeça e, principalmente, gastos desnecessários!

Resumindo: com o Rastreamento Veicular RotaExata você consegue:

  • Monitorar o trajeto e as paradas de seus veículos;
  • Interagir com a sua equipe em campo;
  • Monitorar o comportamento dos condutores;
  • Controlar em tempo real toda a sua frota;
  • Ter seus clientes cadastrados no mapa;
  • Identificar endereços proibidos;
  • Definir pontos de parada;
  • Saber qual cliente toma mais tempo dos seus funcionários.

Com o Rastremento Veicular RotaExata, você tem tudo o que precisa para observar suas operações mais de perto!
Quero falar com um especialista

 

Tag: , , , , , , , ,






O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *








RotaExata rastreamento e gestão de frota

RotaExata é uma plataforma de gestão veicular que ajuda empresas a alavancar suas entregas e serviços.


Redução de custo com rastreamento Redução de Custos Aumento de produtividade com rastreamento Aumento de Produtividade Segurança da frota com rastreamento Segurança e
Organização
Conteúdo exclusivo RotaExata Conteúdos
Exclusivos
Como RotaExata resolve seus problemas Como RotaExata
Ajuda sua empresa
Clientes e resultados Clientes e Resultados

Fique atualizado

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!