5 tipos de controle de estoque: saiba qual usar em sua empresa!

Veja qual modelo de gestão de estoque é o ideal para sua empresa, e evite prejuízos!

Home / 5 tipos de controle de estoque: saiba qual usar em sua empresa!
A gestão de estoque é um ponto crucial para o sucesso de uma empresa. Este controle pode ser decisivo nos resultados de uma organização e nos seus lucros ou, mesmo, prejuízo. E você, sabe quantos produtos possui em estoque? Se você não sabe dizer isso com precisão, pode ter problemas na gestão da produção, administrativa e, até mesmo comercial do seu negócio.

Para quem começou a se preocupar com essa questão agora, pode ficar bem confuso ao descobrir que existem diferentes tipos de gestão e controle de estoque. E nesse artigo vamos apresentar cinco modelos e como você pode implementá-los na sua empresa.

A importância do controle de estoque

À primeira vista, o controle de estoques pode parecer algo bem simples: "preciso apenas saber quantos produtos tenho disponíveis para venda". Certo? Pois é aí que está o erro de muitas empresas. Afinal, uma boa gestão de estoque tem impacto em todos os setores de uma organização. Se a gente usar, como exemplo, uma fábrica de medidores de energia: o número de medidores disponíveis no estoque impacta nos setores comercial, de entregas, logística, armazenagem, produção e, claro, no de compras.

Gerenciar de forma inteligente gera impactos positivos em toda a empresa. E, quando feito de forma estratégica, usando a tecnologia ao favor do negócio, contribui muito para o sucesso da gestão e para transformá-la em uma indústria 4.0.

Podemos pensar também na despensa da nossa casa como um estoque para entender o papel importante dessa gestão. Imagine ir ao supermercado sem conferir o que você já tem em casa. Você compra arroz, açúcar, macarrão, frutas e legumes. Na hora de guardar, percebe que já tinha ali vários desses itens. Essa compra em excesso representa um gasto a mais que poderia ter sido evitado naquele mês. No caso de perecíveis, significa desperdício. Na indústria e no varejo, um controle de estoque bem feito faz com que a velocidade de giro do estoque seja superior, um indicador importante da gestão.

A relação com os fornecedores também pode ser favorecida, já que o setor de compras tem mais controle sobre as necessidades reais da produção. Dessa forma, garante que o SLA seja cumprido e tem, ainda, mais poder de negociação. A gestão de estoques é também fundamental para que uma empresa consiga realizar uma gestão de documentos mais eficiente. Sim, para a engrenagem de uma empresa funcionar, é fundamental que todas essas áreas estejam integradas.

Convencido de que precisa investir nesse setor na sua firma? Veja abaixo 5 modelos existentes - entre vários - e qual deles se adequa mais às suas necessidades. E, claro, você pode aplicar diferentes formatos de acordo com épocas e sazonalidades da produção.

gestores organizando o estoque

Estoque de antecipação

Como o próprio nome sugere, o estoque de antecipação é aquele quando a gestão determina que a produção precisa se preparar para uma grande demanda. Normalmente, acontece em sazonalidades específicas como datas comemorativas ou períodos do ano onde as vendas são maiores.

Uma fábrica de chocolates, por exemplo, precisa se preparar para o aumento da demanda no período da páscoa. Outro exemplo são empresas de itens de tecnologia, como TV e câmeras fotográficas, que costumam aumentar significativamente suas vendas na época do Black Friday ou Natal. Dessa forma, um estoque preparado para atender essa demanda contribui com o sucesso de lucros da companhia e atende o desejo de compra do público.

Estoque de ciclo

Já o estoque de ciclo é adotado por empresas que produzem produtos diversos ou com diferentes elementos, porém, não conseguem realizar esse processo simultaneamente. Na fabricação de um armário, por exemplo, a produção não consegue fabricar, ao mesmo tempo, as gavetas e as portas. Dessa forma, a gestão determina a produção de uma grande quantidade de portas para, depois, produzir as gavetas.

Em caso de empresas que comercializam diferentes produtos simultaneamente, sem grande influência sazonal, a decisão pode ser por produzir um grande volume de cada um desses produtos por vez. O ciclo econômico da produção é o motivo estratégico para adotar esse modelo. Ele contribui muito para a otimização do uso de grandes máquinas e equipamentos - que serão ligadas e desligadas poucas vezes - e, também, na diminuição do custo unitário de um produto ou componente.

A decisão por este modelo de estoque impacta diretamente, também, no setor de compras, que pode ter mais poder de negociação com fornecedores ao comprar grandes quantidades de uma mesma matéria-prima.

Estoque máximo

Este modelo determina o volume máximo de estoque que a sua empresa terá de um produto ou componente. Esta definição deve considerar o espaço físico, a capacidade produtiva, volume de matéria-prima e ciclo de venda dos produtos.

A determinação de estoque máximo é outro fator que contribui com o setor de compras, que tem mais possibilidades de negociação na hora de adquirir novos materiais para a produção - que, nesse caso, produz em grande quantidade para ter grande volume de estoque armazenado.

Este tipo de gestão de estoque precisa estar alinhado com a gestão estratégica do processo produtivo. Afinal, é necessário determinar por quanto tempo esses produtos poderão ficar em estoque. Isso evita problemas como perder produtos perecíveis e, claro, indisponibilidade de produtos em períodos de grandes demandas.

Just in time

Bem diferente de todos os modelos anteriores, o Just in time tem a premissa de não acumular estoque. Ele é baseado, em geral, na ideia de que nenhum produto deve ser produzido ou transportado antes do tempo. Sim, a eficiência no transporte e no processo de logística é fator importante nesse modelo de estoque também.

Com o just in time, a produção é feita sob demanda. Normalmente, inclusive, os produtos são vendidos antes que sejam produzidos. A matéria-prima chega sempre no momento em que a produção precisa para iniciar a fabricação.

Um dos grandes desafios desse modelo é o alinhamento da agenda de produção com fornecedores, frota de distribuidores e todos os stakeholders. Afinal de contas, se a matéria-prima não chega quando necessário, a produção para. E, da mesma forma, para que os produtos não fiquem estocados, a logística deve ser capaz de fazer entregas assim que liberados pela produção.

Para empresas que possuem um fluxo de vendas variável, este modelo não é indicado. Ele também tem mais eficiência quando realizado por companhias com número pequeno de fornecedores.

Dropshipping

E, por fim, a gente apresenta um modelo de estoque bem diferente, que funciona muito para ecommerces: o dropshipping. O melhor exemplo de utilização desse tipo de gestão de estoque hoje é da Amazon. A empresa possui um número enorme de produtos disponíveis no seu site. Porém, não tem todos nos seus próprios estoques. Ela atua como vendedora, mas a responsabilidade do armazenamento e da entrega dos produtos é distribuída para outras empresas.

Mesmo usando a Amazon como um grande exemplo, esse modelo já é usado há anos por canais de vendas na TV ou rádio que anunciavam produtos e terceirizavam o armazenamento do estoque e a distribuição.

E então, qual desses modelos se adequa ao perfil da sua empresa? Você terceiriza o armazenamento do seu estoque? Produz sob demanda? Ou é responsável por todas as etapas, inclusive entrega dos produtos?

Se este último caso se aplica a sua companhia, baixe gratuitamente o e-book Gestão e manutenção de frotas unir a inteligência estratégica que adquiriu com estoques também para a sua frota.
Ebook: Gestão e Manutenção de Ativos







O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



RotaExata rastreamento e gestão de frota

RotaExata é uma plataforma de gestão veicular que ajuda empresas a alavancar suas entregas e serviços.


Redução de custo com rastreamento Redução de Custos Aumento de produtividade com rastreamento Aumento de Produtividade Segurança da frota com rastreamento Segurança e
Organização
Conteúdo exclusivo RotaExata Conteúdos
Exclusivos
Como RotaExata resolve seus problemas Como RotaExata
Ajuda sua empresa

Fique atualizado

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!